Até 7 dias para devolver a compra Enviamos para todo o Brasil! Em até XX sem juros no cartão
Meu carrinho
0
Seu carrinho está vazio
Dicas

Vestido chemise: o que é e como usar com muito estilo?

Publicado em 07.06.2024 |
Visualizações
41 visualizações

O vestido chemise é para todos os estilos, personalidades e gostos porque são modelos que podem ser usados em diversas ocasiões e conforme o interesse das mulheres.

Dá para adaptá-lo ao clima, evento, região e outras peças. É sobre isso que falaremos neste blog.

O que é vestido chemise?

mulheres usando vestidos elegantes

Um jeito muito simples e prático de entender o que é vestido chemise é imaginar uma camisa oversized, aquela mais larguinha, adaptada para ser um vestido de alfaiataria.

A ideia não é tão recente como muita gente imagina, tendo origem nos anos de 1990.

As principais características dessa peça inspirada nas camisas tradicionais são:

  • Corte reto ou acinturado;
  • Com mangas longas ou curtas;
  • Gola clássica ou com fechamento frontal;
  • Vários tipos de comprimento (que dão origem aos modelos);
  • Lisa ou estampada com listras, florais, poá, etc.

Isso tudo faz com que esse tipo de vestido seja uma excelente ideia para quem busca roupas com elegância, versatilidade, conforto e praticidade.

Afinal, é um modelo clássico, que pode ir entre o estilo romântico e o moderno, a depender do caimento e composição.

A origem dessa peça de roupa

Como vimos acima, a origem do vestido chemise vem da década de 1990, ao menos, como ele tem sido usado na moda atualmente.

Antes disso, na França do século XVIII, a chemise era uma peça íntima masculina, usada por baixo de outras roupas ou para dormir.

Com o tempo, ganhou versões, até que no século XX se tornou um símbolo feminino representado por figuras como Coco Chanel e Marlene Dietrich.

Hoje, é uma opção para todo tipo de evento, dos casuais aos casamentos.

Uma curiosidade é que a Rainha Maria Antonieta usava roupas que se assemelhavam ao vestido chemise e, por isso, muita gente acha que ele vem dessa época.

No entanto, a peça só foi apresentada como é hoje a partir dos movimentos feministas mais atuais.

Os modelos que existem

Os modelos de vestido chemise variam conforme o comprimento dele, já que as mangas e golas são mais tradicionais e menos variáveis. Sendo assim, temos:

Já os cortes costumam ser retos, como de alfaiataria, ainda que possam surgir em versões acinturadas ou evasê.

O mesmo para o tecido, que geralmente é feito de algodão, mas pode passar pelo linho, seda, jeans ou viscose.

O que combina com chemise? Dicas de looks

mulheres elegantes

Se o seu objetivo é se apresentar como uma mulher chique, o vestido chemise pode ser a sua melhor resposta.

Ainda que permita looks mais despojados, existem combinações que garantem elegância e muita seriedade, representando todos os estilos femininos.

Veja algumas dicas!

Vestido chemise longo

O vestido chemise longo é atemporal e versátil porque forma looks incríveis para todas as ocasiões possíveis.

Ou seja, dá para pensar nessa composição para o dia a dia, reuniões de negócios, passeio no parque e assim por diante.

Já para quem vai a um ambiente que exige elegância, como na missa ou culto, os acessórios fazem toda diferença, como cintos para marcar a cintura e colares.

Inclusive, por ser uma peça bem longa, torna-se uma opção interessante para mulheres tradicionais.

Vestido chemise midi

Agora, o vestido midi é aquele mais curto, ficando na altura do joelho. Neste caso, pensando nas mulheres mais reservadas, o que fazer?

Uma ótima solução é usar o vestido chemise de maneira composta, isto é, com calças ou shorts.

Pensando em momentos que exigem um comportamento mais tradicional, uma boa ideia é apostar na sofisticação do look, com salto alto, acessórios de pérolas ou clutch (bolsa pequena e elegante para eventos sociais).

É o match perfeito para o mundo fashion!

Vestido chemise com uma terceira peça

Pense em um colete aveludado e imagine-o sobre um vestido chemise. Dá muito certo.

Se você não acredita, abra o seu TikTok e procure por essa trend comum entre os usuários da geração Z: looks preppy e old-money vão te levar aos melhores resultados.

É importante notar, no entanto, que esses coletes são mais recomendados para regiões frias ou inverno.

Entretanto, há outros que são feitos de tecidos mais leves e fresquinhos, ao passo que se tornam interessantes para outras situações, do culto às reuniões.

Vestido chemise com calça

Uma ideia de look com vestido chemise é combiná-lo com calça. Mas, vestido com calça dá jogo?

Com certeza, especialmente para as mulheres criativas, que curtem composições despojadas, sendo que neste caso, a peça se torna uma camisa muito longa.

A partir disso, vem a pergunta seguinte: qual calça combina com vestido chemise?

São vários os modelos possíveis, ao passo que os mais comuns são: jeans e pantalonas. As combinações podem ser completadas com sandálias e tênis.

Com salto para looks mais elegantes

mulheres elegantes vestidas com vestido chemise


Para quem viu Sex and The City, os saltos de Carrie Bradshaw são inspirações para usar com a camisa oversized.

É o match perfeito para quem busca elegância a partir de um enredo que vem desde os anos de 1990.

Com botas para seguir o hype

Nas redes sociais, as botas são o hype do momento em vários modelos, principalmente com base naquelas coleções que estiveram nas passarelas recentemente: cowboy e coturno.

E com o vestido chemise, funciona? Se você quer ter estilo, obviamente, sim.

Com tênis para looks mais despojados

Quase todos os tênis, dos mais clássicos aos modernos, são recomendados para mulheres que estão testando a moda chemise em suas vidas.

Até porque essa tendência, dos tênis no mundo da moda, é algo que está em uma onda crescente há alguns anos.

Para se ter uma ideia, os sneakers são muito indicados para ambientes corporativos, algo que era praticamente impossível de acontecer há algumas décadas.

Claro que isso também depende de outros fatores, como o estilo feminino e o dress code da empresa.

Com chinelos e sandálias buscando o conforto

Outra possibilidade é usar a peça com chinelos e sandálias, o que inclui também as papetes, em alta no mundo todo.

Esse conceito é a cara das mulheres que não abrem mão do conforto na hora de se vestirem e sabem que dá para fazer isso com muito estilo.

Inclusive, o look é ótimo para a maioria das regiões brasileiras, com climas tropicais e mais quentes.

Isso porque a camisa tradicional, que vira o vestido, é democrática, podendo ser de um tecido fresquinho e macio. Assim, temos o conforto dos pés às cabeças!

Para outros conteúdos, acesse o blog da Fascinius

Se você gostou deste conteúdo e quer acessar outros materiais sobre moda feminina, roupas e estilos, leia o blog Fascinius.

Semanalmente, disponibilizamos informações sobre tendências, técnicas e dicas práticas para o dia a dia.

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.